share article

CÂMERA ENDOSCÓPICA COM OPÇÃO PARA INTEGRAÇÃO COM SALA CIRÚRGICA

O primeiro protótipo para controle remotro direto via protocolo ISO/IEEE 11073 SDC foi apresentado em abril ao público comercial, em Berlin.


Uma interface projetada de acordo com o protocolo de dispositivo orientado ao serviço ISO/IEEE 11073 (Service-oriented Device Connectivity - SDC) possibilita a integrar à sala cirúrgica equipamentos de diferentes fabricantes. A SCHÖLLY apresentou o primeiro protótipo de fonte de luz para câmera endoscópica com este controle remoto na última edição anual da DMEA, maior evento europeu da indústria de TI para aplicações médicas.

A interface SDC permite integrar dispositivos SCHÖLLY a sistemas de outros fabricantes, e vice-versa. Isso promove a colaboração próxima entre os fabricantes de equipamentos, e soluções digitais adicionais podem ser implementadas, tais como documentação automatizada de processos de salas cirúrgicas, otimização de fluxo de trabalho de salas cirúrgicas, Business Intelligence/Analytics, Knowledge Information etc.

A resposta de medicos, gestores e projetistas hospitalares e outros fabricantes de equipamentos médicos foi entusiástica.

"Estamos convencidos de que as licitações para equipamento de salas cirúrgicas irão em breve passer a exigir compatibilidade com esse novo padrão de integração," disse Armin Janß, da cátedra Tecnologia Médica na RWTH Aachen University.

"Com a configuração exibida na DMEA, estamos demonstrando que a padronização, que havia sido acordada com o FDA, entre outros, já está funcionando," acrescentou Björn Andersen do Instituto para Informática Médica da Universidade de Lübeck.

Martin Kasparick, do Instituto para Microeletrônica Aplicada e Tecnologia de Dados, na University do Rostock, olha para o future e enfatiza: "Um valor agregado considerável será criado com base na interoperabilidade padronizada de manufaturas independentes: melhorias na área de segurança do paciente e sucesso do tratamento, assim como aos processos clínicos, através do apoio do pessoal médico, além de novas possibilidades para o armazenamento de dados de pesquisa e de cuidado médico".

SCHÖLLY apresentou um protótipo da FlexiVision 10/LED 200 com controle remote via protocolo ISO/IEEE 11073 SDC, controlado por tablets e displays sensíveis ao toque. Essa funcionalidade será utilizada inicialmente em novos projetos OEM de Câmeras endoscópicas.

 

Informação adicional

http://www.ornet.org

https://www.dmea.de/